terça-feira, 8 de setembro de 2009

Prefácio

Há momentos em que leio e releio, esperando.

Meus olhos percorrem as letras, as sílabas, palavras, pulando linhas, salt(e)ando parágrafos, buscando, loucos, por algo palpável. Loucos, sim. Procuram objetividade no subjetivo. Estúpidos até, eu diria.

Meus olhos cansados buscam. Voltam ao início, deslizam ao meio, sucumbem ao calor momentâneo e encontram o ponto, não o esperado, mas o final.

Não há paginas além disto.
Somente capa, contracapa, prefácio e nada mais. Nem o fim está ali para justificar os meios e recheios.

Meus olhos, coitados, persistem(iam).
Nada será revelado, desenvolvido, trabalhado.
E é somente prefácio.

Onde andará esta história que não se (des)enrola?


¨¬¨¬¨¬¨¬¨¬¨¬¨¬¨¬¨¬¨



extraído de algum ponto do espaço internáutico que percorro... perdoaiiiii a minha memória, carai... prometo que na próxima copio o link/site pra disponibilizar/referenciar/reverenciar :) :D :P

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! Existem pessoas