terça-feira, 6 de outubro de 2009

Antes havia...

Antes havia um sofá creme e os cochilos em seu abraço.
Havia ainda as plantas nos vasos esperando por água e cuidados.
Paredes, pias, portais.

Um silêncio aconchegante
onde pairavam os minutos e o pó agitado pelas persianas, num abre-e-fecha constante, buscando ou fugindo do sol.

Sol que entrava ávido por esquentar o que ali estava.
E que sempre encontrava as gotas de chuva equilibrando-se nas grades da janela.

Havia as promessas de uma rede, de dar a honra desta contradança à vassoura, de organizar as contas por mês... que sempre acabavam naquele sofá creme.


Havia.


Hoje é uma casa muito engraçada:
não tem você, não tem mais nada.

Só cadeira e parede e menina vazia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! Existem pessoas