domingo, 9 de maio de 2010

ruínas

tudo irá para o pó não importa o que é feito sempre haverá o pó a parede descascará a tinta envelhecerá enquanto todos os minutos possíveis passam lentos rapidamente a poeira cobre cada centímetro de tudo e de todos e as rugas vincam o rosto e a gravidade amolece a carne as plantas murcham assim como os seios e os sentidos vão se perdendo tudo o que vejo sob o sofá é o que o tempo recolheu do mundo pó nada além do pó o mesmo pó de qual viemos e para o qual estamos retornando enquanto os pássaros simplesmente voam por aí nós andamos sem sair da terra a mesma que cobrirá nossos pés e joelhos e nariz e cabelos sufocando a pele rachada pela ferrugem do metal que foi molhado secado molhado secado eternamente enquanto ele mesmo vira pó vermelho como o sangue cujo cheiro é de ferro que será simplesmente o pó não importa o que você faça tudo irá para o pó não importa o que é feito sempre haverá o pó a parede descascará a tinta envelhecerá enquanto todos os minutos possíveis passam lentos rapidamente a poeira cobre cada centímetro de tudo e de todos e as rugas vincam o rosto e a gravidade amolece a carne as plantas murcham assim como os seios e os sentidos vão se perdendo tudo o que vejo sob o sofá é o que o tempo recolheu do mundo pó nada além do pó o mesmo pó de qual viemos e para o qual estamos retornando enquanto os pássaros simplesmente voam por aí nós andamos sem sair da terra a mesma que cobrirá nossos pés e joelhos e nariz e cabelos sufocando a pele rachada pela ferrugem do metal que foi molhado secado molhado secado eternamente enquanto ele mesmo vira pó vermelho como o sangue cujo cheiro é de ferro que será simplesmente o pó não importa  o que você faça tudo irá para o pó não importa o que é  feito sempre haverá o pó a parede há de ruir


2 comentários:

  1. Por isso que eu digo não importa para onde nós vamos, mas como iremos e como aproveitaremos essa viagem. O caminho pode ser mais interessante que o destino final.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Estava lendo uns blogs por aí e achei o seu. Me identifiquei muito com o que você disse sobre o elogio (o elogio ao texto ter valor maior). Também me sinto assim.
    Gostei desse texto, tendo a me expressar do mesmo modo (falando de formas, mesmo).
    Até!

    ResponderExcluir

Oi! Existem pessoas