terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Enquanto olho por esta janela...

Enquanto olho por esta janela vejo os ipês floridos.
O sol, convidativo, acenando e sussurrando "Venha" ao meu ouvido.

De pé, enquanto olho por esta janela, imagino: onde estarei indo? Vejo meus passos rápidos atravessando o canteiro, fuçando na bolsa em busca do chiclete. Liberdade no ar que respiro. Capturo o telefone, ligo para alguém, marco um compromisso? Enquanto tagarelo, olho de soslaio para aquela que sou eu, mas está presa lá em cima, na janela, sorrindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! Existem pessoas