sexta-feira, 20 de abril de 2012

O Buraco.

Um buraco negro tem um campo gravitacional tão foda que nada sai de dentro dele... nem a luz escapa. Ela entra e morre lá dentro (será?)

Algumas pessoas têm medo dos buracos negros, como se eles sugassem tudo e não fossem parar até que o Universo se engolisse a si mesmo próprio

Mas isso não é verdade. A verdade é que, na verdade, pouco se sabe. Pode até ser que os buracos negros estejam aí só para devorar tudo mesmo, aos pouquinhos, como aspiradores preguiçosos varrendo o Cosmos do próprio Tudo.
.
.
.
Quando se nasce com um buraco no peito não há como tampá-lo. Se alguém tiver cavado, tudo bem... O natural é que volte a encher em algum momento. Mas se nasceu assim, vazio ainda que cheio, é buraco negro. 

Se esse "buraco" atrai tanto pra si que até mesmo não consegue deixar nenhuma fagulha sair, bem, se ele faz isso, meu amigo, fodeu.


O seu diagnóstico é buraco negro no coração. 

Algumas pessoas têm medo dos corações, como se eles fossem capazes de definir rumos, histórias e vidas durante o vai-e-vem safado da sístole/diástole diária e necessária. 

Outras pessoas têm medo dos corações e dos buracos negros que retumbam e devoram toda luz que as cercam, deixando dentro de si o mistério da atração do nada pelo nada.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! Existem pessoas